A importância do sono na aprendizagem

Publicado por
|

Hoje em dia, um problema cada vez mais comum é a falta de tempo. Cada vez sentimos mais a falta de tempo na nossa vida e, por isso, somos quase obrigados a ir “buscar” essas horas de que precisamos ao sono. Isto, em pessoas mais velhas, pode não ter muito impacto mas, nos estudantes, é certamente um factor determinante do rendimento escolar. Neste post irei falar sobre a importância de dormir bem, as consequências de não dormir horas suficientes, quanto tempo devemos dormir e, por fim, algumas dicas para te ajudar a dormir melhor.

Porque é importante dormir bem?

É fundamental para a aprendizagem dormir bem. Esta importância, ao contrário do que possas pensar, não se deve só ao repouso do cérebro e do corpo, mas também ao facto de, durante o sono, o cérebro continuar ativo e desempenhar várias funções relacionadas com a memorização, o que influencia diretamente a aprendizagem e o rendimento escolar. Durante o sono, em primeiro lugar, é quando o nosso corpo descansa mais: os músculos relaxam completamente (daí cairmos, muitas das vezes, quando adormecemos sentados), o coração desacelera e a respiração diminui. Como é lógico, é sempre importante descansar o corpo para que tenhamos mais energia no dia seguinte, contribuindo assim para um aumento da concentração e da atenção nas aulas. Ainda a nível físico, é também durante o sono que ocorre grande parte da regeneração celular, contribuindo assim para o nosso bem-estar e ajudando no combate a doenças e fortalecimento do sistema imunológico.

Porém, durante o sono, o cérebro realiza diversas funções. É durante o sono que a memória é consolidada e que o cérebro retém aquilo que importa reter e “descarta” aquilo que não é. Daí a grande importância de dormir um número de horas suficiente. Pesquisas feitas pelos israelitas Dov Sagi e Avi Karni, em 1993, e confirmadas pelos norte-americanos Allan Hobson e Robert Stickgold, comprovam que o sono profundo, durante a primeira metade da noite, é essencial para a consolidação do que aprendemos. Claro que isto não dispensa dormir o resto da noite, muito pelo contrário: estes mesmos cientistas também comprovaram que quem dorme a noite toda consegue resultados a nível escolar quase três vezes melhores do que quem só dorme a primeira metade do sono!

Fases do sono

Quais as consequências de não dormir o suficiente?

Em primeiro lugar, se não dormirmos o suficiente, a primeira consequência disso é o cansaço físico: se o corpo não descansa, não tens tanta energia e, por isso, sentes-te cansado, o que influencia a concentração nas aulas e o rendimento escolar. Depois, como já falei, é durante o sono que se consolidam os conhecimentos. Portanto, se não dormires o suficiente, o teu cérebro não consegue consolidar tão bem aquilo que aprendeste durante o dia logo, reténs grande parte da informação por pouco tempo e, quando chegares aos testes, já não te lembras dela. Para além disso, poucas horas do sono não permitem ao corpo regenerar as suas defesas, tornando-te assim mais suscetível a doenças.

Alguns estudos apontam que não dormir o suficiente aumenta a probabilidade de doenças como o cancro e que reduz o tempo de vida.

Quantas horas devo dormir?

O número de horas que devemos dormir varia de pessoa para pessoa. No entanto, é possível definir “valores-referência” de acordo com a idade de cada um. Atenção que estes valores não são referidos de igual forma por todos os especialistas, logo, torna-se difícil obter uma grande fiabilidade neste post. O mais aconselhável e consultar um profissional da área para obter aconselhamento.

 

Bebés recém-nascidos: Cerca de 17 horas por dia, intercaladas. Vai diminuindo até aos 10 anos de idade.

10 anos: De 9 a 10 horas de sono por dia.

Adolescentes: 8-9 horas por dia.

Adultos: Uma média de 8 horas de sono, que vai diminuindo com a idade.

60 anos: De 5,5 a 6,5 horas. A partir dos sessenta anos, o tempo de sono tem tendência a ir aumentando gradualmente.

Cientistas europeus apontam que dormir mais de 9 horas pode ser prejudicial à saúde (as crianças mais novas são uma exceção)

Dicas para dormires melhor 

  •  Determina uma hora de deitar e uma hora de acordar, para que possas assim estabelecer uma rotina
  • O teu quarto deve estar escuro e silencioso enquanto dormes
  • Não deves ter computadores nem televisão no quarto
  • Mantém o quarto limpo, arejado durante o dia  e a uma temperatura agradável enquanto dormes
  • Antes de te deitares, faz apenas uma leve refeição
  • Estimula o exercício físico durante o dia, mas nunca faças exercício antes de te deitares
  • Tomar banho antes de dormir também é uma boa ajuda para relaxar e ter uma melhor noite de sono

E tu?

Sabias que o sono era assim tão importante na aprendizagem? Dás importância ao sono?

Deixa a tua opinião nos comentários abaixo. Não te esqueças ainda de responder ao nosso questionário no Facebook!

 


Comentários

  1. Francisca Martins

    14 de Setembro de 2011

    Sim, essa é outra perspectiva de ver a situação. No entanto também temos de reparar que há alunos com hobbies (música, desporto, etc…) e aí o problema da escola acabar tarde iria influenciar essas actividades.

  2. Profile photo of Miguel

    Miguel

    14 de Setembro de 2011

    Olá Francisca!

    Sim concordo contigo por um lado: era de facto bom se as aulas começassem ligeiramente mais tarde. Claro que, por outro lado, isso implicava perder um bloco de 90 minutos durante a manhã, ou seja, as aulas terminariam mais tarde. Para além disso, os estudantes provavelmente iriam deitar-se mais tarde e a levantar-se mais tarde também, o que não é um bom hábito.

    Por fim, há que notar que haveria menos tardes livres (porque o tempo perdido de manhã não poderia ser reposto a partir das 18:30, como é óbvio: demasiado tarde para haver aulas. Portanto, sinceramente, acho que poderiam começar de facto mais tarde mas por volta das 9h, não das 10h.

    Abraço!

  3. Francisca Martins

    14 de Setembro de 2011

    Realmente o sono é muito importante, mas também quero deixar a seguinte informação, os adolescentes deviam começar as aulas a partir da 10 horas da manhã. Mas este artigo está muito bom e acho que é importante frisar que dormir é mesmo necessário não só para as crianças como para adultos.

Adicionar um comentário